Coinbase discute registro junto à SEC

Em diversos países, as autoridades não permitem a negociação de tokens digitais quando estes funcionam como ativos financeiros.

Nesses casos, os tokens devem estar sujeitos à regulamentação vigente.

A americana Coinbase, maior exchange do mundo, quer mudar essa situação.

Segundo o jornal The Wall Street Journal, a empresa vem conversando com representantes da SEC (equivalente à CVM, no Brasil) para se registrar junto ao órgão regulador.

O Niobium foi definido como um ativo não financeiro pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e, portanto, não sujeito à legislação do setor. A moeda, que será utilizada no ambiente da Bolsa de Moedas Virtuais Empresariais (Bomesp) está listada em três exchanges: Yobit, Openledger e Exrates.

Idioma »