Criptomoedas também na Universidade

A popularização das moedas virtuais fez com o que o assunto entrasse de vez na pauta do noticiário financeiro. Seja como nova forma de investimento ou para financiar novos projetos, o mundo está cada vez mais atento ao desempenho das criptomoedas.

E a cada dia surgem novas aplicações para os tokens. Um grupo de pesquisadores americanos e britânicos está lançando sua própria criptomoeda, a Mosaic. Liderados pelo professor Garrick Hileman, da Universidade de Cambridge, os acadêmicos preveem que sua plataforma de Blockchain esteja em funcionamento ainda este ano, mas já estão comercializando as moedas em grupos privados.

A ideia é usar a Mosaic para remunerar pesquisas acadêmicas de qualidade. O pesquisador que contribuir para a plataforma será recompensando – e quanto mais seu trabalho for bem avaliado, maior será a recompensa.

Idioma »