Setor imobiliário flerta com o Blockchain

Uma iniciativa pioneira, na Suécia, reflete bem o mundo de oportunidades que o Blockchain pode oferecer. A autoridade do país responsável pelo registro de imóveis desenvolveu uma plataforma capaz de transferir as certidões entre compradores e vendedores de forma virtual.

A iniciativa funciona com base no Blockchain, a mesma tecnologia que permite a troca de moedas virtuais, como bitcoin, ether e niobium.

Um dos objetivos é dar maior celeridade ao processo. Atualmente, o registro de transferência de um imóvel pode levar até seis meses no país. Com a novidade, as partes assinarão o documento digitalmente. “Poderemos fazer isso em horas”, disse um dos responsáveis pelo projeto ao jornal americano The Wall Street Journal.

Idioma »